30 de outubro de 2011

AO VER A 1ª PÁGINA DO PÚBLICO FOI INEVITÁVEL SORRIR.

Toda a direita tem tentado condicionar o voto do PS neste OE e compreende-se porquê!... se o PS votar favoravelmente este OE, ou se se abstiver, estará a entregar à direita o poder por um período de tempo que vai muito para além de um mandato. O voto favorável ou a abstenção do PS neste OE será uma forma de branquear e legitimar a fraude do buraco colossal e a crise política provocada pelo Presidente da Republica / oposição no inicio de 2011.
Curioso é ver o Publico a tentar condicionar a decisão do António José Seguro!!... será que o Secretário Geral do PS se deixará condicionar com estratégias pavlovianas?

29 de outubro de 2011

DISCURSO DE LULA DA SILVA NA CONFERÊNCIA GLOBAL PROGRESS

O SIGNIFICADO DE PORTUGAL NOS DIAS DE HOJE

 





















.
"roubado" ao blogue "AVENTAR"

É PRECISO TER LATA!!

Considero que os direitos adquiridos são um pilar do Estado de Direito Democrático. Não posso é deixar de ficar repugnada com a hipocrisia de algumas pessoas!! Há um grupo de pessoas, que hoje estão no poder, que pensam que os direitos adquiridos só são válidos se forem os seus.

26 de outubro de 2011

PARA MEMÓRIA FUTURA

Se o Partido Socialista votar a favor deste Orçamento de Estado, que violenta os funcionários públicos e os reformados, enquanto António José Seguro for Secretário Geral EU NÃO VOTAREI no PS

22 de outubro de 2011

19 de outubro de 2011

TAXEM A IDIOTICE

CAMELOS NA CAVAQUEIRA

UM COLOSSAL EMBUSTE



18 de outubro de 2011

NÃO DIGA QUE NÃO FOI AVISADO

_____________________________________________________________________________

SUBSCREVO!!!

Terra dos Espantos 

A escolha é dele; o voto é nosso


A escolha é dele, António José Seguro. Será ele a decidir se o PS vota a favor da proposta de Orçamento do Estado, ou se opta por votar contra, ou pela abstenção.

Não vejo, no entanto, como é que, depois do anúncio da iniquidade e de todas as brutalidades contidas neste Orçamento, pode o PS votar a favor, ou abster-se. Na verdade, mesmo que se entenda que o PS está vinculado ao disposto no memorando da "troika" (e, por acaso, não é o que eu penso, pois suponho que o PS, enquanto tal, nunca assinou o memorando) certo é que o conteúdo da proposta de Orçamento pouco ou  nada tem a ver com as medidas acordadas pelo Governo de gestão com "troika" e  aplaudidas, na altura, pelos partidos hoje no poder. Quero eu com isto dizer que o PS não tem nenhum motivo para, com base no memorando, sujeitar-se a servir de capacho aos dois partidos da direita. Se optar, por qualquer destas soluções (voto favorável, ou abstenção) tal terá o inequívoco significado de que o PS dirigido por Seguro não é diferente do PSD ou do CDS.

Tenho esperança, até porque já o ouvi reconhecer que"As medidas que [Passos] anunciou não são as medidas constantes nomemorando da troika, nem representam o caminho que o PS escolheria paraPortugal" e acrescentar que “Quando se soma austeridade à austeridade é ocaminho errado, é o caminho que a Grécia escolheu" que Seguro tome a decisão certa que é a de votar contra o Orçamento que nos condena à pobreza, por muitos anos. E sem a mais pequena hesitação, a menos que o Governo volte com muitas palavras atrás e remova a iniquidade e  a brutalidade das medidas.

Qualquer outra atitude significará que Seguro está disposto a seguir o caminho que, por palavras, condena, ou seja, o caminho da Grécia.
A escolha, de facto, é dele, mas o voto, em futuras eleições, é nosso
_______________________________________________________________________________________

16 de outubro de 2011

...


nota: não sou apreciadora das opiniões deste Sr. mas achei a afirmação muito interessante. 
____________________________________________________________________________________________

15 de outubro de 2011

REVISITAR CAMÕES


____________________________________________________________________________________________

NÃO É UM ORÇAMENTO DE GUERRA!!!

 É UM ORÇAMENTO DE CAPITULAÇÃO!!!
 
 
 
 
 
 
 
.
Um orçamento de guerra mobiliza o país contra um inimigo externo e dinamiza o tecido produtivo.
Este orçamento esmaga a nossa economia!!!
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

5 de outubro de 2011

QUE VAQUICES

"o valor republicano da austeridade digna"
- Cavaco Silva, 5 de Outubro de 2011

Haveria gente a mais?... não acho!!
Vejamos:
"o chefe da casa civil do Presidente, Nunes Liberato, também acompanhado pela mulher"
- aqui parece-me fazer todo o sentido!... eu também não deixaria um marido viajar sozinho com alguém para quem as vacas se riem!...
“ quatro assessores”
- parece-me bem!... é um assessor por cada membro!... ainda bem que são as vacas que se riem… é que se fossem os porcos…?... carecia de mais um assessor para a “perna extra“
“dois consultores”
- é pouco!... é que isto de consultores é bom ter um para cada dia da semana.
“ uma dúzia de elementos do corpo de segurança, entre eles dois sargentos, um tenente-coronel, um subintendente e cinco agentes principais”
- parece-me realista!! … só Deus sabe os pensamentos que ocorreram às vacas quando Cavaco as viu rir… podiam ser pensamentos pecaminosos ou pensamentos terroristas!... toda a segurança é pouca.
“dois fotógrafos oficiais”
- também não me parece um número exagerado!... não é um fotografo qualquer que consegue captar o sorriso das vacas.
“um médico pessoal”
- sem dúvida que deve haver sempre um médico em qualquer comitiva…
“uma enfermeira”
- é sempre útil ter uma enfermeira por perto…
“ dois bagageiros”
- também acho bem!... não é qualquer pessoa que pode pôr as mãos nas malas de Cavaco… há riscos iminentes e deve ser pessoal devidamente treinado.
“ um mordomo"
- parece-me razoável!... um mordomo é um mordomo… era o que faltava Cavaco prescindir das mordomias!.. afinal ele já prescindiu do salário de Presidente da Republica porque o que ganha com a acumulação das reformas é muito mais do que auferiria como PR.
Devemos todos estar agradecidos ao Cavaco!... afinal ele é um PR sem vencimento logo deve ser encarado como um PR voluntário