15 de janeiro de 2010

NOTÍCIAS DO BLOQUEIO

















5 comentários:

Carlos II disse...

Claro! Isso isso já tinha meditado. Haja o que vier e enquanto houver existência, sei lá, o universo, o mar, as flores, o vento, os animais, o ser humano enquanto isso há amor. Porque tudo aquilo foi feito com a amor.

Clarinho como a água!

Beijinho

carlos cunha disse...

boa iniciativa de chamar à colação 5 Gigantes dos tempos em que eu comecei a LER poesia. Além da poesia foi a sua atitude de resistência ao fascismo que reforçou a minha admiração.

M Otília Gradim R R disse...

Calos,

Sabia que és crente mas não sabia que és um romântico ;))*

Beijinhos

Otília
.

M Otília Gradim R R disse...

Carlos Cunha,
Tive o privilégio de conhecer três destes poetas e de com dois deles ter uma relação de amizade.
O Luís Veiga Leitão foi aquele que mais marcou a minha formação como pessoa ;))* o Papiniano Carlos é o responsável pelo “culto” de uma boa conversa à mesa com amigos.
.

Carlos II disse...

Romântico, porque não?

Numa época materialista e relativista, p.b, nada melhor do que voltar o romantismo, não só na poesia, nas ideias, nos ideais ,entre as pessoas.

Beijinho