18 de agosto de 2009

HOJE FUI AO TRIBUNAL…

E como não apanhei um coxo apanhei o Maganinho…
Maganinho - o grande defensor da LIBERDADE em Matosinhos - escreveu o seguinte:
Não tenho familiares, amigos a quem deva favores, patrões, empregados, amantes ou ex. amantes, correligionários de coisa nenhuma, gente a quem deva dinheiro, financiadores de projectos meus ou da minha família, etc, etc.
Nada, não tenho nada com ninguém que esteja a concorrer às eleições autárquicas em Matosinhos.”
.
E surpresa das surpresas…
Ao ler as listas da coligação “Matosinhos merece melhor” para a Assembleia de Freguesia de Matosinhos o que foi que eu encontrei?… a prova de que Maganinho não é coxo!
1º Joaquim Lobão
2º Carlos Fernandes
3º Maria Salgado Ferreira
4º José Vilar
5º Maria Soares Maganinho
6º …
E agora Maganinho… em que ficamos?... TEM ou não tem uma IRMÃ nas listas a concorrer às eleições autárquicas em Matosinhos?
.

28 comentários:

eduardo disse...

Lá se vai a memória...

» disse...

Eduardo,

Acontece... quando se não tem responsabilidade no que se diz...

Não deixo passar quando querem brincar comigo... há quem tente!... não me lembro é tenham conseguido...

bjs

Maria António disse...

Olá Otilia.
Há quanto tempo.
Cuidado com as ilações que tira porque pode estar a mexer em assuntos que são melindrosos e que só dizem respeito exclusivamente à minha família.
Não venho aqui em defesa do meu irmão , primeiro porque ele não precisa e segundo, porque também eu não lhe devo nada.
Mas se ao meu irmão lhe faltasse a memória, o que não é o caso porque eu não tenho relações com ele e como tal não lhe dei conhecimento da minha decisão, quanto a si é que parece estar com um problema de memória. Lembra-se de me ter conhecido no dia da apresentação da candidatura do Parada, meu particular amigo e adversário? Então não se lembra de eu estar com a Luisa Ferreira nº 3 da minha lista e de lhe termos dito que eramos candidatas? Ai essa memória!!!! Não era preciso ir a tribunal para saber que eu era candidata porque eu propria lho disse. Só esteve foi à espera que as listas saissem para arremessar com esta ao Maganinho.
Eu até acho graça ás vossas guerrinhas e divirto-me com os vossos post, mas usar o meu nome como arma de arremesso ao meu irmão "alto aí mais devagar".
Arranjem outro assunto e deixe-me em paz porque o que me traz a esta candidatura é um assunto sério MATOSINHOS, e não uma qualquer guerrinha de bloguistas.

Beijinho
Maria António Maganinho

Maria António disse...

Olá outra vez.
Afinal acho que preciso de lhe dizer mais umas coisinhas.
Já que acompanha tão de perto o blog do meu irmão deve conhecer a história e as fotos da casa da D. Emilia.
Pois...o meu irmão só não disse, mas eu digo, que a D. Emilia tem o nome completo de Emilia Mota Maganinho é a digna mãe destes 2 matosinhenses Maganinhos.
Acha mesmo que eu ainda tenho tempo para perder com os seus disparates quando a minha própria mãe vive naquelas condições...acha mesmo que estes filhos não têm razões para lutar contra o regime que permite que uma senhora digna, doente e idosa viva nestas condições sub-humanas mesmo depois de solicitada a intervenção da Câmara.
Se desconhecia os motivos porque me candidato este é um deles: pela minha mãe e por muitas centenas de idosos nas mesmas condições.
Já agora, se me pudesse arranjar uma cunha junto do Guilherme Pinto para ele mandar fazer as obras em casa da minha mãe eu agradecia.LOL

Beijinho
Maria António Maganinho

Américo Freitas disse...

Finalmente, um emocionante confronto feminino na blogosfera.
É com grande expectativa que ficamos a aguardar o contra ataque, certamente ferino, de Maria Otília Reisnho. É conhecida por ir directa á jugular. O público exige sangue (seja ele de quem for).

Carlos Alberto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
otília gradim reisinho disse...

Olá Maria

Não quero nem quis meter-me em questões familiares até porque ninguém é responsável pelos actos dos seus familiares e quem seria eu para me meter nas questões familiares de outros.

Claro que me lembro de a ter conhecido nessa altura e também foi pela sua postura que passei a falar com o seu irmão e que se não a tivesse conhecido dificilmente teria dado ao seu irmão a abertura que dei… errei! Paciência!

Sobre o ir verificar as listas ao tribunal é um hábito que tenho (aliás é para isso que elas são afixadas) e especialmente neste acto eleitoral que se aproxima dada a sua originalidade… mas de facto tive o cuidado de confirmar a sua presença nas listas já que podia ter sido retirada como a Clarisse de Sousa foi e que me deixou especialmente incomodada… pelo que tal confirmação foi só um acto de rigor.

Não tenho nenhuma guerrinha com o seu irmão, nem tal faria sentido porque não o conheço, o facto é que o seu irmão ou não percebeu o que leu ou deu um sentido que não está plasmado na minha resposta e que reagiu com violência, insinuações, ignorância (sobre o meu passado e presente) e foi grosseiro… não estava à espera que não lhe respondesse, ou estava?... sei que não tivemos tempo suficiente para saber que a um ataque daqueles nunca mas nunca ficaria sem resposta!
Julgo que conhece a figura jurídica do direito de resposta, nem se quer é preciso afirmar-se como defensor da Liberdade para saber que só lhe restava duas hipóteses: a primeira a de publicar a resposta ou uma segunda de retirar o post e o assunto ficaria sanado por ai… se é humano errar é desonesto não admitir o erro e corrigi-lo!

Espero que se divirta com os post’s porem eu não acho graça nenhuma a post’s que são ofensivos em relação à minha pessoa... e não os deixo sem respostas.
Talvez o erro esteja no facto de acharem graça ao seu irmão quando erra… em vez de lhe explicarem que há limites que não se ultrapassam e que quando o fazem sofrem as consequências… umas delas é vir a ser desacreditado pelas suas próprias palavras.

Não percebi a sua frase “mas usar o meu nome como arma de arremesso ao meu irmão". Vamos lá ver se nos entendemos:

Quem concorre a eleições sabe que não o faz de forma anónima e que vai estar sujeita a escrutínio público… logo o colocar o seu nome num blogue não é devassa da vida privada e quer goste, quer não goste, estas são as regras de um Estado de Direito.

Depois quem afirmou “Não tenho familiares, amigos a quem deva favores, patrões, empregados, amantes ou ex. amantes, correligionários de coisa nenhuma, gente a quem deva dinheiro, financiadores de projectos meus ou da minha família, etc, etc.
Nada, não tenho nada com ninguém que esteja a concorrer às eleições autárquicas em Matosinhos.” foi o seu irmão e a haver exposição da família não sou eu que a faço mas o seu irmão que acaba por se ver desmentido nas suas afirmações, já que as produziu faltando há verdade.

Assim parece-me razoável que, se sente pessoalmente exposta por o seu nome ter sido abordado nesta situação, manifeste o seu desagrado junto do seu irmão.
Quando mencionei o seu nome no meu post apenas me limitei a reproduzir parte de uma lista pela qual concorre às próximas eleições autárquicas e só o fiz para demonstrar que as afirmações que o seu irmão fez são falsas.

Como entretanto li o seu segundo comentário, aproveito também para lhe dar já uma resposta.

Não é por ser candidata à Assembleia de Freguesia, mesmo que venha a ser eleita, que vai resolver o problema da sua mãe, pois não poderá tomar parte em decisões administrativas em que haja interesses pessoais, sejam eles directos ou por força de ralação familiar (conviria que lesse o CPA). Neste caso porem tal não se poderá verificar, pois nenhuns dos órgãos autárquicos para que está a concorrer (a nível de Freguesia) têm competências próprias na área da habitação. Essas competências são da câmara municipal.

otília gradim reisinho disse...

Estranho no entanto que, sendo de um partido representado no executivo camarário por vários vereadores e com representação na assembleia municipal, e já estando até munida de uma deliberação que determina a intervenção municipal, tal assunto não tenha sido levado a discussão em sede própria!… Parece-me que o seu partido não terá aqui cumprido o papel que lhe caberia…

Assim, o que lhe sugiro é que solicite uma reunião ao presidente da câmara e que o confronte com o incumprimento do que foi determinado por quem de direito, dado que já decorreu um prazo mais que razoável sobre tal decisão e nada ainda foi feito.

Sobre as cunhas, lamento informá-la mas sou absolutamente contra esses métodos!
Ao que chama “cunha” eu chamo tráfico de influências e deveria saber que é crime!… E depois, como a Maria está muito melhor relacionada, e como até parece não ter pudor em recorrer a tais métodos, sugerindo-os até a terceiros, parece evidente que não precisaria que eu sujasse as minhas mãos por si.

beijinhos

otília gradim reisinho disse...

Américo,

Antes da tudo OBRIGADA pelo teu trabalho... está excelente!

Não sabia que me tinhas por uma sanguinária ;))

bjs

otília gradim reisinho disse...

Carlos Alberto,

Também me vais pedir uma "cunha" por causa da barraca?... deixa-la os putos a brincar na lama.

Desde que convives com o Américo estás do pior ;))

Isto não vai lá nem com a ajuda de Deus… estou divertidíssima com o que se avizinha!
Vai ser a campanha mais porca de que há memória ;)

bjs

otília gradim reisinho disse...

Não resisti a colocar este email do João... (ahahah)

Biologia

'A respiração anaeróbia é a respiração sem ar que não deve passar de três minutos.'

' As plantas distinguem-se dos animais por só respirarem à noite.'

'Os crustáceos fora de água respiram como podem.'

'Carácter sexual secundário são as modificações morfológicas sofridas por um indivíduo após manter relações sexuais.'

'A insónia consiste em dormir ao contrário.'

'Quando um animal irracional não tem água para beber, só sobrevive se for empalhado.'

'O coração é o único órgão que não deixa de funcionar 24 horas por dia.'

'Os ruminantes distinguem-se dos outros animais porque o que comem, comem duas vezes.'

'As aves têm na boca um dente chamado bico.'

'O Sol dá-nos luz, calor e turistas.'

'A principal função da raiz é enterrar-se.'

'O vento é uma imensa quantidade de ar.'

História

'O objectivo de uma Sociedade Anónima é ter muitas fabricas desconhecidas.'

'Na Grécia a democracia funcionava muito bem porque os que não estavam de acordo envenenavam-se.'

'As múmias tinham um profundo conhecimento de anatomia.'

'A arquitectura gótica notabilizou-se por fazer edifícios verticais.'

'A febre amarela foi trazida da China por Marco Polo..'

'A harpa é uma asa que toca.'

'Péricles foi o principal ditador da democracia Grega.'

'Os Egípcios antigos desenvolveram a arte funerária para que os mortos pudessem viver melhor.'

Geografia

'O petróleo apareceu há muitos séculos, numa época em que os peixes afogavam-se dentro de água.'

'O problema fundamental do terceiro mundo é a superabundância de necessidades.'

Geologia

'Terramoto é um pequeno movimento de terras não cultivadas.'

Química

'Lavoisier foi guilhotinado por ter inventado o oxigénio.'

Maria António disse...

Boa noite Otília,

Para sua informação, de facto não percebi das suas palavras que originaram a resposta do meu irmão o mesmo que ele percebeu. Não lhes atribui o mesmo significado. Isso não invalida o despropósito de vir agora usar uma informação que você já detinha há semanas para exercer a sua VINGANÇAZINHA.
ELE NÃO MENTIU…ponto.
Ele quando fez aquela afirmação estava convicto do que estava a dizer e, goste ou não, não há de facto qualquer ligação do meu irmão à minha candidatura até porque ele já declarou publicamente o seu apoio ao António Parada. Logo, nem sequer vai votar na lista que incorporo.
Quer mais independência e descomprometimento.
Esta é a primeira questão. Goste ou não, você saiu-se mal e “virou-se a caça contra o caçador”.

Maria António disse...

Quanto às restantes questões tenho a dizer-lhe 3 coisas:
1º O que vai ser escrutinado nas eleições são os projectos da coligação da qual faço parte e não a minha família, logo, se estiver interessada terei todo o gosto em responder a qualquer questão que entenda pertinente colocar à coligação e ver respondida por mim. Quanto à minha família...é tão privada como a sua e a de qualquer candidato, logo está fora de discussão.
2º A Otília anda mesmo confusa. Onde é que leu que eu ia resolver os problemas da minha mãe com a minha eleição? Cuidado com aquilo que afirma. O que eu disse, e está escrito, é "Se desconhecia os motivos porque me candidato este é um deles: pela minha mãe e por muitas centenas de idosos nas mesmas condições."
Ah!!! Agradeço os seus pareceres tão generosamente oferecidos mas lições só recebo de quem sabe mais do que eu.
Eu não sei se a Otília sabe mas a actividade parlamentar é a base da democracia, não é só o acto de governar. Aos políticos que governam cabe agir e encontrar soluções para os problemas sociais emergentes. Aos parlamentares cabe chamar a atenção e ser vigilante em relação aos governantes, certificando-se de que nenhuma franja da sociedade fique sem representação. Um parlamentar é um representante e mediador da população que o elege.
Ora sendo eleita, estarei em condições de me propor representar a minha mãe e tantos outros idosos que se encontram na mesma situação (infelizmente a minha mãe não é a única) se estes assim o entenderem, o que é muito diferente daquilo que afirma.

Um problema social tem na sua génese factos sociais que: 1º) por abrangerem um nº significativo de indivíduos, 2º) por gerarem sofrimento, mau- estar, atritos e conflitos a um nº significativo de indivíduos, requerem um trabalho de mobilização social que visa o reconhecimento público da necessidade de uma intervenção política e que sejam assumidos pelos poderes públicos como objecto de intervenção social. Resumindo, dar voz aos que não têm voz.
Esta é a base da acção do Assistente Social, profissão eminentemente política, e que é, como bem sabe, a minha formação académica.
Do pouco tempo que tive para a conhecer, rapidamente me apercebi do sentido de humor ácido da Otília e confesso que até lhe acho graça. Eu sou uma pessoa bem-humorada. Só entendo que também a Otília, que já não é nenhuma criança, deve saber o timing para quando deve parar, e reconhecer que às vezes "mete o pé na poça" (passo a expressão). Não lhe ficaria mal, principalmente quando se arroga no direito de dar lições aos outros. Um bocadinho de humildade até lhe fica bem.

3º A Otília ficou mesmo afectada com as minhas palavras. Afinal não gostou de provar do seu próprio ácido. LOL em linguagem cibernética significa um sorrisinho!! Era uma brincadeirinha!! Não leve tudo tão a peito!! Mas já agora também lhe vou dizendo que eu resolvo os meus assuntos em sede própria e se fosse verdade aquilo que afirma, eu, que conheço o actual Presidente da Câmara vai para mais de 20 anos de outras andanças políticas do tempo da Jota, inclusivamente até chegou a ser advogado do meu pai, já lhe teria telefonado ou batido à porta a pedir favorezinhos. Mas, sabe, fui educada para não pedir nada a ninguém em benefício próprio antes porém a fazer justiça e a lutar por aquilo a que eu e os meus temos direito em sede própria e a nunca desistir daquilo em que acredito.

Maria António disse...

Já agora!!! O que se lhe oferece dizer sobre esta ideia peregrina de criar uma "creche" nocturna na junta de freguesia? Concorda? Acha que estão a ser salvaguardados os superiores interesses das crianças? Ou os dos comerciantes? Concorda que se utilize o erário publico para suportar despesas de vária ordem para se receber crianças nestas condições?

Gostaria muito de saber a sua opinião!! Isto sim é que me interessa sendo uma empresária no sector da educação infantil há 14 anos em Matosinhos, preocupa-me e conheço bem tudo aquilo que às crianças diz respeito. Este sim é um assunto que merece ser tratado e não vejo NINGUÉM insurgir-se contra isto antes pelo contrário.

Por fim, desiludam-se os bloggistas que esperam lama, sangue, dentadas e porcarias. Comigo não contam. Eu sou uma pessoa de bem.

Maria António Maganinho

Américo Freitas disse...

Até agora estou muito agradado pelo desenrolar do diferendo. Já correu algum sangue e picaram-se algumas feridas.
Quem vencerá? Quem terá a última palavra? Quem desistirá primeiro?
Não percam. Otóilia prepara certamente uma resposta no melhor do seu estilo e vai tentar o golpe final. Conseguirá?
Aguardo com expectativa e emoção, embora me comece a parecer que uma das adversárias ´não é tão forte como parecia...

Um abraço e boa sorte. Que ganhe a melhor.

otília gradim reisinho disse...

Américo,

Tu consegues me fazer rir mesmo a esta hora ;)
Acabo de chegar a casa e vou comer qualquer coisinha ;) pelo que cenas dos próximos capítulos só amanha... mas como amanha também não vou ter uma vida fácil bem vais ter que esperar ;))

Mas está descansado que vou deixar que a Maria tenha algum protagonismo ;) afinal é uma pessoa tão preocupada com Matosinhos que eu nunca vi numa assembleia de freguesia ou municipal... a manifestar alguma preocupação.

Os periodos de campanha tem destas necessidades de afirmação ;)

Depois diz que sou eu que escrevo muito .

bjs

otília gradim reisinho disse...

Maria,

Amanha leio e respondo-lhe ;)

otília gradim reisinho disse...

Maria
Acha que eu levo muito em conta o que diz alguém que eu acabo de conhecer?... Santa ingenuidade!
Afirma que o seu irmão não mentiu, então a Maria não é irmã dele?...Não é? - Então o seu irmão não mentiu!... É? - Então o seu irmão mentiu!... mesmo que essa mentira tenha sido por ignorância… é uma mentira!
Aliás o seu irmão não faltou à verdade só quando disse que não tinha nenhum familiar a concorrer às eleições autárquicas… repetiu a graça quando chamou Aldrabão ao director da segurança social que afirmou na TSF que nenhum idoso deixou de receber o complemento a que tinha direito por não apresentar os documentos referentes aos filhos e que tendo descoberto que afinal esse senhor tinha dito a verdade… veio emendar a mão e alterou o post! ;)) – Pelos vistos o seu irmão gosta de atirar pedras ... mas parece que também gosta de esconder a mão para dificultar que o relacionem pelos eventuais “estragos” que causa...
Se o seu irmão declarou apoio ao Parada, pelo menos demonstra alguma inteligência ao não votar na sua lista… e ele lá saberá as suas razões!
A Maria afirma - você saiu-se mal e “virou-se a caça contra o caçador” – se acreditasse mesmo no que escreve não vinha defender o seu irmão com argumentos patéticos… ou então tem a esperança que ao, defendê-lo, ele lhe venha perdoar alguma coisinha… o que não me parece é que esteja a ser minimamente inteligente pois, com esta estratégia, parece-me que só o está a expor ao ridículo!
Já todos perceberam que ele mentiu porque não sabia que a irmã era candidata, mas isso não invalida que as suas afirmações sejam falsas!
Faria pois melhor se parasse de expor o seu irmão ao ridículo e não desse azo a que as pessoas (que lêem este blogue) possam pensar que ele é cobarde o suficiente para não vir defender-se pessoalmente e que manda a irmã faze-lo (e ainda por cima de forma incompetente)!
No entanto sei que ele não é um cobarde… errou e não admitiu o erro e com isso cometeu um erro maior mas não me parece que precise de si para o defender até porque, na minha opinião, ele escreve melhor e aparenta ter uma melhor capacidade de raciocínio do que a Maria.
»

otília gradim reisinho disse...

Quanto às suas três questões tenho-lhe a dizer:
a sua 1ª questão é patética! Demonstra ter uma enorme ignorância sobre questões básicas como é o de saber separar o que é do foro “público” do que é do foro “privado”. Acha que se eu tivesse necessidade de debater o que quer que seja sobre o programa da sua lista era consigo que ia falar?... por favor ponha-se no seu lugar e não me obrigue a parecer arrogante.
A sua 2º questão é tão patética que me fez rir! Recomenda-me que tenha cuidado com o que escrevo… Acha que se eu não tivesse segura do que escrevo já não teria alguma vez sido processada?... acredite que não falta gente com uma enorme vontade de o fazer ;))
O que me parece mais grave é que tente enganar as pessoas evocando os motivos que evoca para justificar as razões que a levam a concorrer!...
Maria, Maria, se nem o problema da sua família consegue resolver, como pensa ser capaz de resolver o problema dos outros?
Desde quando é que um órgão autárquico, ao nível de uma freguesia, tem competências para poder resolver problemas do género dos que refere?...
A idiotice que acrescenta leva-me a crer que hoje em dia os partidos já não preparam quem vai intervir no debate politico…
Escrever “Aos políticos que governam”, “Aos parlamentares cabe chamar a atenção” e “Ora sendo eleita” demonstra a quem sabe (como diz que é o meu caso) que a minha amiga não sabe o básico!
Comparar o Governo e o Parlamento ao executivo de uma Junta ou comparar o Parlamento a uma Assembleia de Freguesia é de uma ignorância confrangedora! O parlamento legisla, a assembleia de freguesia não! Aceite a minha recomendação e comece por se inteirar sobre as reais competências e áreas de intervenção dos órgãos a que está concorrer e assim evitará dizer tantos disparates.
Será que realmente pensa que, caso fosse eleita, teria direito ao título de deputada?... não minha cara, será apenas eleita local e poderá apenas invocar a sua qualidade de “membro da Assembleia de Freguesia” e não de “deputada” !
Talvez desconheça que um deputado tem imunidade e a minha amiga, se se exceder nas afirmações que faz, pode responder criminalmente porque não tem esse estatuto, porque não é deputada… não devia saber isto?...
Sobre as considerações que tece a meu respeito (os meus amigos já se devem ter fartado de rir) não me interessam minimamente… é o mau feitio! Imagine que eu lhe dizia o que penso de si… olhe que provavelmente não ia gostar ;) mas como eu respeito o direito de cada um ser como quer, opto por não formular sentenças a esse respeito e limito-me a enunciar as minhas opiniões pessoais apenas sobre o que faz ;))
A sua 3ª questão leva-me a dizer-lhe que não tenho essa intimidade com o Dr. Guilherme Pinto (Apesar de termos uma relação de amizade com mais de 30 anos)!… Não andei nas “jotas”, daí que tenha por hábito não telefonar ao presidente da Câmara e que quando preciso de lhe falar solicite uma audiência (mas nunca para lhe pedir favores ou meter “cunhas”).
Sobre a opinião que me pede… lamento mas não lhe dou! E o motivo porque não lhe dou a minha opinião é por entender que, alegando a Maria ter interesses profissionais e pessoais no assunto, nem sequer me devia colocar a questão… Acredito que não tenha ainda lido Maquiavel, mas eu defendo que não se pode estar na política sem ética!
Temo porem que a Maria esteja na política pelos motivos errados, mas também reconheço que não será a única!...
.

Américo Freitas disse...

Meu deus!!! Otília foi brutal e desapiedada. Desferiu um golpe, se não mortal, certamente mortífero.
Conseguirá Maria Maganinho levanta-se, cacudir o pó e dar a volta por cima, ou os ferimentos são demasiado graves?
Acredito no seu poder de encaixe e que ainda não vai atirar a "toalha ao tapete".
Aguardemos.

otília gradim reisinho disse...

Américo,

Não estou para alimentar o ego da mana que vem defender o mano como se este não se soubesse defender... agora só se for o meu irmão que venha responder ;))*

bjinhos
*

Anónimo disse...

.Otília pela 1ª vez escrevo para o seu blog para dizer que sou coxo á 40 anos e nunca fui apanhado a mentir realsando apanha-se mais depressa um mentiroso que um coxo m. passos

narcisao disse...

Hé O Sr Maganinho nao està acima dos outros isto d evender carros em tempos de crise tà mau agora que se meteu com o outro do Porto de leixoes a ver se apanha alguma coisa là na casa amarela ..
Todos iguais até deviam ter vergonha na puta da cara gaijos deste virem aqui pregarem a boa palavra .. Tem a memoria curta claro começa bem a escola esse senhor , habitualmente um bom politico tem que ter como qualidades confirmadas memoria curta e ser corrupto ..
O Maganinho jà tem uma memoria curta .. Jà perdes tes toda a tua credibilidade fica là pelo porto de leixoes que bem ficas ...

marius70 disse...

Otília no seu melhor. Pelo que li, argumentação (e eu é que era conhecido pelo "rei" da argumentação na Adega, bah!... Sou um aprendiz ao pé de ti :) ) não te falta e continuas a ser aquela Otíla que sempre conheci.

Que a mão nunca te doa, pois quando um irmão diz que não tem familiares nas listas autárquicas e aparece lá uma irmã, o homem é coxo... de vista!

Tudo de bom!

otília gradim reisinho. disse...

Marius,

Fiquei muito contente por te ter encontrado de novo!
Que saudades que tenho dos nossos velhos tempos nos fóruns do sapo ;)) já lá vão mais de 8 anos!...
Manda-me o teu número pois perdi-o.

Temos que arranjar tempo para um café da próxima vez que for a LX

bjinhos

narcisao disse...

Otilia a mim nao me pedes o meu numero olha que eu tàmbém sou teu amigo manda là o numero pa gente ir tomar um café e cortar na casaca

Cumprimentos

otília gradim reisinho. disse...

Narcisão,

Não faço a minima ideia de quem és ;))

O Márius é meu conhecido há quase 9 anos ;)) e eu não tenho o teu telemovel e julgo que tu não terás o meu mas... quem sabe?

Eu não sei!

saudações

narcisao disse...

Otilia fico triste com a tua reaçao olha que crescemos quase os dois juntos para tua informaçao os nossos pais eram vizinhos . O facto de me chamar Narcisao é porque jà fui ameaçado em varios blogues aqui na cidade , é sim assim vai o poder local e os seus tetaculos .mas depois dou mais novidades , mas pensa bem olha que me conheces ..
Cumprimentos de um amigo