4 de agosto de 2009

ASSIM AGE O LÍDER CARISMÁTICO QUE UTILIZA A SEDUÇÃO COMO FORMA DE MANIPULAÇÃO

Peguei no livro “O LÍDER SEDUTOR” de Clara Pracana para o reler… mas desta vez só para ler as partes que deixei sublinhadas na primeira leitura.
“ … o esquema sedutor assente no engano e na promessa daquilo que se não pode dar. Como aconselhava Álvaro Pais, homem avisado, ao Mestre de Avis, na magnífica síntese de Fernão Lopes, «dai aquilo que não é vosso, e prometei o que não tendes». Assim age o sedutor, assim age o líder carismático que utiliza a sedução como forma de manipulação…”
Ao reler este pequeno apontamento, vá-se lá saber porquê, veio-me logo à ideia a imagem de um certo líder carismático…

6 comentários:

Américo Freitas disse...

Julgo que formulação moderna é assim:
Promete o que não tens e dá o que é dos outros.

otília gradim disse...

Américo,

Este livro analisa, de uma perspectiva psicanalítica, a personalidade dos líderes e o comportamento grupal…

“Bion escreveu que o líder de um grupo a funcionar no pressuposto básico de dependência é normalmente o mais ‘doente’ dos seus membros…”

Para quem gosta de perceber o que está por trás (formação/deformação psicológica) de alguns homens que se destacam ou destacaram como líderes que cometeram crimes repugnáveis… é um livro muito interessante.

bjs

Anónimo disse...

ó otília quem desdenha quer comprar... tanto ódio ao narciso miranda... suspeito eu que isso seja inveja...

otília gradim disse...

Anónimo,

Olhe que não, olhe que não!

Não tenho nenhum ódio pelo NM – Nunca Mais!... não tenho esse código de conduta com as pessoas… mas serei uma forte opositora à sua aspiração a ser eleito…
Quem está atenta aos sinais que NM – Nunca Mais! dá… percebe que a imagem de protagonizar uma candidatura ganhadora é puro ilusionismo, e sua candidatura dá sinais disso… fala de 12 mil e tal assinaturas quando só precisa de 4 mil… fala do êxito e agradece a presença no jantar de aniversário que é publicado a 30 de Julho (provavelmente escrito no dia 28) de um jantar que ainda não se tinha realizado… necessita de atacar e fugir, necessita de se vitimizar e o seu contrario… e fala, fala, fala e diz muito pouco ou nada.

Sobre o querer comprar… o anónimo está mesmo enganado!... mas não admira pois ou estará habituado a vender-se ou a comprar outros… dai que estranhe e não saiba que haja quem não seja dado a esses negócios… partilho mais da filosofia do comércio justo ;))

Sobre o ser inveja, repare que só se tem inveja de alguém a quem se reconhece mérito, o que não é o caso de NM – Nunca Mais!

Com os melhores cumprimentos

JP - jamais presidente disse...

Não sei o que é, mas deve ser algo da psique profunda. Algo bem recalcado para chegar ao ponto de não pronunciar(escrever)sequer o nome tratando-o (des)respeitosamente por NM - Nunca Mais!

otília gradim disse...

;))