16 de maio de 2009

ALEXANDRE LOPES SABE FAZER CONTAS?... CONCLUO QUE NÃO!

"Cedemos espaços a muitos grupos da Freguesia; Criamos comissões de trabalho onde estão presentes todos os Partidos Políticos com assento na Assembleia; Mantivemos boas relações com os executivos das escolas; Criamos novas modalidades no Centro Cultural da Senhora da Hora; Entregamos cabazes às famílias carenciadas; Organizamos a primeira colónia de férias desta Freguesia; Criamos um Centro de Convívio para idosos; A nossa feira da saúde foi um êxito e não fica aquém de nenhuma feira muni-cipal; Cedemos salas a serviços do estado; Compramos duas carrinhas que estão ao serviço da comunidade; Melhoramos o Apoio Integrado... Recebemos, por todo este trabalho realizado, uma redução no orçamento na ordem dos 27 milhões de euros...".
.
Não se pode aceitar um corte orçamental desta monta!...
…sem o reprovar veementemente quem o fez ou a quem diz estes disparates!!
Como a Junta da Senhora da Hora tem um orçamento anual que ronda os 600 mil euros um corte orçamental de 27 milhões de euros significa que Alexandre Lopes assegurou o funcionamento da Junta assim como o assegurará no futuro com o seu próprio dinheiro!... já que 27 milhões de euros garantiriam o funcionamento da Junta de Freguesia da Senhora da Hora nos próximos 45 anos.
Se compararmos os orçamentos de 2007 da Freguesia de Matosinhos e da Freguesia da Senhora da Hora verificamos que Matosinhos teve um orçamento de 510 350.00€ e que a Senhora da Hora teve um orçamento de 563 800.00€
Fazendo as contas fica-se a saber que a JF de Matosinhos para 2007 teve menos 53 450.00€ do que a JF da Senhora da Hora.
Acontece que a JF da Senhora da Hora tem duas funcionárias administrativas e que a JF de Matosinhos tem quatro… logo os encargos com vencimentos de pessoal, em Matosinhos, são bastante superiores …
Comparando o que a fez Junta de Freguesia de Matosinhos e o que fez a Junta Freguesia da Senhora da Hora sou obrigada a dizer: parabéns António Parada!
.

11 comentários:

JOSÉ MODESTO disse...

Olá, reparo que nas noticias-ideias-convicções que transmite no seu blog, utiliza como identificação nos seus marcadores vários adjectivos-nomes etc.etc. por vezes ultrapassa os 6-7 marcadores.

Nunca perdeu nenhum?
gosta efectivamente de os mantêr todos ou por vezes lá se escapa um !!!

Parabéns é uma mulher de convicções.

Saudações Marítimas
José Modesto

Carlos Alberto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JOSÉ MODESTO disse...

Amigo Carlos Alberto.
Afinal estou a falar com um Homem de Leça da Palmeira Correcto.
Há um Ano falava do seu blog dos Estivadores essa classe que vivia perto de sua casa...correcto.
A si também o considero um homem de convicções.

Esta sexta feira passada creio que o vi na Junta de Leça da Palmeira...mas não tenho a certeza.
A Participação dos Leceiros foi fraca, precisamos de ser activos.

Tive a Oportunidade de conhecer e cumprimentar um colega seu e Leceiro o Sr.Pedro Sousa.
Quanto ao seu comentário neste blog sobre o meu post, a Senhora Otilia Gradim Reisinho sabe que eu regularmente visito o seu blog e aquilo que disse sobre ser uma senhora de convicções reafirmo: É UMA SENHORA DE CONVICÇÕES.

Saudações Marítimas
José Modesto

otília gradim reisinho disse...

Carlos,
Só uso esferográficas de escrita fina e nunca marcadores!... ;)
Um abraço
Otília

otília gradim reisinho disse...

Olá José Modesto
Essa do senhora era piada?... no meu BI só diz: Maria Otília e era assim que gostava de ser tratada... por Otília! e não é por modéstia ;)
Vou tentar explicar-lhe o uso e a lógica dos marcadores... mas terá que ficar para amanha porque hoje já não vai dar.
Um abraço sem cheiro a maresia
Otília

JOSÉ MODESTO disse...

Queira desculpar, mas essa é a minha linguagem que comento nos blogues. Procuro ser educado, nunca utilizo o anonimo e se reparar faço-o sempre para o bem da nossa cidade.
Quando me explicar a lógica dos marcadores se não se importar explique-me a técnica do uso das esferográficas finas e a diferença doa marcadores...

Afinal ainda novo nestas matérias, estou certo que consigo também aprendo.

Saudações Marítimas
José Modesto

otília gradim reisinho disse...

Aqui vai a explicação para o que chama de marcador… há duas maneiras de classificar livros e textos e normalmente usa-se, CDU ou THESAURUS
A Google disponibiliza etiquetas baseada no processo de classificação “THESAURUS” ou seja classifica por palavras-chave comuns a determinados temas…
O melhor é dar um exemplo já que não sou dada a explicações… imagine que tem que organizar informação (livros ou textos) sobre agricultura… ;))
Na agricultura há várias palavras-chave (maquinaria, sementes, culturas, colheitas, rega, etc. e etc. ) assim se um determinado livro/texto fala de maquinaria, rega e colheitas tem que ser registado com essas três palavras chaves… mas o conteúdo do livro/texto pode dar pistas para outras associações … como a diferença entre cultura dos nabos e a cultura dos tomates… ai tem uma outra palavra-chave por associação que naturalmente será a de “cultura de nabos” e “cultura de tomates”.

Assim quem precisa de fazer uma consulta sobre o que há de maquinaria procura pela palavra-chave poupando imenso tempo e tendo a informação disponível de forma organizada e rápida…

E sobre a classificação está tudo dito… e não paga a explicação!
Se precisar de mais informação procure um cursinho de documentalista/ arquivista ;)) que dá muito jeito para arrumar barcos nos portos…

Creio que nunca perdi uma palavra-chave o mesmo não posso dizer das chaves da residência ;)

A minha classificação é feita exactamente desta maneira por pessoas, por adjectivos e por temas… assim quando leu “RIDÍCULO” significa que considero tais afirmações ridículas, “Alexandre Lopes” a pessoa que as faz! “António Parada” o politico com quem comparei “Alexandre Lopes” e fui obrigada a reconhecer publicamente o mérito de “António Parada”!!

Sobre a minha frase “Só uso esferográficas de escrita fina e nunca marcadores!... ;)” não lha posso explicar!! O humor não se explica! Ou se entende ou não… se não, não havia anedotas sobre loiras…

E obrigava-me a explicar-lhe o que é fundamental na comunicação… o emissor, o receptor, códigos comuns, ausência de ruído… etc e etc!

Acredito que esteja a tentar ser simpático mas não o está a conseguir ;))

Otília

JOSÉ MODESTO disse...

Cara Otília, agradeço a explicação que me deu.
Quanto aos cursinhos, felizmente tenho alguns.
Mas conforme lhe disse estou sempre a aprender.
Afinal Matosinhos é uma terra de Horizonte e de Mar.

Saudações Marítimas
José Modesto

Anónimo disse...

Caríssima D. Otília Reisinho:
Os meus cumprimentos.
Alexandre Lopes, tal como Pedro Tabuada, apostou no passado e não no futuro. Logo, não tem futuro. Não há contas "à lá Guterres" que o salvem. Dentro em breve, mais do que um marcador, será um maçador.
Será uma espécie de S. Roque, mas sem cães para lhe lamberem as feridas. Veremos, no entanto, quem se perfila na sucessão, não vá, ás vezes, sermos suscitados a ter saudades dele. EH, EH; A.Freitas (putativo futuro ex-candidato á CMM e não só).

otília gradim reisinho disse...

Olá!!!

Essa do putativo... futuro?... A.Freitas para a camara já!!!

Tens o meu apoio para seres candidato ;)*

bjs

Alexandre disse...

Cara Otilia, sempre a vi como uma pessoa esclarecida, espanta-me no entanto que não tenha percebido que o que aconteceu foi um erro de redacção.
São efectivamente cerca de 27 mil Euros e não milhões.
E essa redução não respeita ao orçamento geral da JF, mas sim a uma rubrica de receita que deriva directamente do estado - FFF (Fundo de Financiamento às Freguesias)
Um Abraço,
Alexandre Lopes