14 de maio de 2009

VISTAM AS MENINAS DE BURCAS EVITAM OS APALPÕES DOS MENINOS E EVITAM PENSAMENTOS “PERVERSOS” AOS PROFESSORES!


Estou farta desta escola pública, estou farta destes professores do ensino público (os presidentes dos Conselhos Executivos ainda são professores) e estou farta das escolas públicas que normalizam as crianças ou jovens com uma ideologia de intolerância para com a liberdade individual! Os fins não justificam os meios!




4 comentários:

Carlos Santos disse...

Cara Otília,

Antes de mais tenho de lhe agradecer a divulgação que deu à conferência do comércio justo. Foi uma ajuda fundamental.

Ia-lhe fazer uma pergunta, um tanto estranha, a personalidade do seu blogue, que é forte, faz reflectir algum envolvimentos com as estruturas partidárias em Matosinhos? Pergunto porque coordeno um site, o PNETpolítica, onde temos um espaço de entrevistas que abrimos hoje, com um candidato em Braga. O Paulo Pedroso já teve também a gentileza de me enviar as suas respostas para Almada e deverá entrar Sábado. Mas gostava de saber se em Matosinhos vê alguma possibilidade de se fazerem chegar 4 perguntas a um candidato. Se preferir responda-me por mail: csantos@porto.ucp.pt

Muito obrigado!
Um abraço,
Carlos

mfc disse...

Não podia estar mais de acordo!
Um abraço.

otília gradim reisinho disse...

Caro Carlos
Nada fiz digno de agradecimento e para causas como o “Comércio Justo” e tudo o que toque ou envolva Direitos Humanos estarei sempre ao seu dispor.
No que toca ao PNETpolítica, creio que terá uma resposta rápida e passarei a acompanhar de perto o seu trabalho.
Um abraço
Otília

otília gradim reisinho disse...

Acho que chega de disparates em nome da moral e dos bons costumes... as escolas não se destinam a castrar os jovens!... Fazendo passar um “ currículo oculto” moralista e hipócrita com o objectivo de normalizar a nossa juventude como se de fruta se tratasse!
Um abraço
otília