24 de novembro de 2006

A MÃE... LOGO LHE CHAMOU NARCISO

Há uma coisa que lhe quero dizer: não tenho complexos, tenho a auto-estima muito alta, nunca tive medo dos “medos”, nunca tive medo das sombras, sou muito afirmativo, muito convicto, actuo sempre na base de causas e valores...

Não diz é que valores... 

Sem comentários: